A tecnologia fez com que alguns cargos desaparecessem nos últimos anos. Isso tem preocupado muitas pessoas por acharem que não haverá espaço para profissões do futuro. E que tudo será feito por máquinas.

O que acontecerá é que, ao mesmo tempo em que algumas atividades se tornarão obsoletas e informatizadas, outras surgirão. Será preciso adquirir novos conhecimentos para se manter no mercado de trabalho.

As profissões do futuro

Conheça algumas das profissões do futuro e quais são os requisitos necessários para que possa trabalhar com elas. Vale lembrar que a maior parte estará ligada à tecnologia.

1. Desenvolvedor de softwares

Esse profissional é responsável pela criação e melhoria de softwares que permitem automatizar processos. Por muito tempo eles ainda serão necessários, ainda mais com essa área em pleno crescimento.

Para que possa trabalhar nesse segmento será preciso conhecer de programação e ser um entusiasta da tecnologia.

2. Profissões do futuro: Analista de big data

Os dados são cada vez mais valiosos, conhecer uma pessoa, seus hábitos, locais onde esteve, entre outros se faz necessário. Essas informações são usadas por empresas para criar um perfil de seus clientes e assim fazer ofertas ou lançar produtos que atendam a determinadas necessidades.

Não é apenas no marketing que o analista de big data é considerado uma das profissões do futuro. Ele poderá fazer parte da área de saúde interpretando dados que apontem para doenças. Ou no meio ambiente para prever o comportamento climático e em muitos outros setores.

Além de conhecer de tecnologia, esse profissional precisará saber interpretar dados e trabalhar com números.

3. Engenheiro ambiental e gestor de resíduos

O meio ambiente se torna cada vez mais uma preocupação, principalmente devido ao avanço das mudanças climáticas. Nas profissões do futuro podemos incluir tudo o que esteja ligado à preservação do meio ambiente e utilização inteligente de recursos.

Esses profissionais poderão trabalhar tanto em órgãos públicos quanto privados trazendo alternativas e melhorando a cadeia produtiva e de resíduos.

Será necessário ter formação acadêmica ou técnica dependendo da função, estudar sobre meio ambiente e tecnologia.

Leia também: Autocad: O que é?

4. Especialistas em Experiência de Usuário/Cliente

Essa entra na lista das profissões do futuro e que já possuem muitas oportunidades. O especialista tem a missão de tornar as interfaces mais fáceis para os usuários. Além de garantir que apps e sites ofereçam a melhor experiência possível.

Isso vai muito além de criar um layout agradável, é preciso combinar comunicação visual com necessidades. Além disso, deve garantir que o cliente consiga uma assessoria para comprar um produto e facilitar a comunicação com a empresa.

Nesse campo se destacaram os profissionais com conhecimento em design gráfico, ciência da computação, marketing e que entendam das necessidades humanas como a psicologia.

5. Walker/Talker

Essa é uma atividade que faz parte das profissões do futuro e exige muito mais habilidade de relacionamento do que tecnologia. A digitalização afasta as pessoas e os talkers deverão preencher um vazio que foi deixado pela falta de contato.

Eles terão a função de prezar pelo bem-estar e saúde mental das pessoas, principalmente os idosos. Deverão conversar por meios digitais ou presenciais, passear com a pessoa e fazer companhia.

Ao pensar no trabalho é necessário projetar qual será o estilo de vida daqui alguns anos. Nesse ponto podemos perceber que ele tende a seguir um caminho cada vez mais conectado.

Ao compreendermos isso conseguimos perceber que as profissões do futuro tendem a ser relacionadas à era digital e ao comportamento humano. Para que não perca seu trabalho para uma máquina, deverá acompanhar a tecnologia e se especializar.