Já parou para pensar nos problemas que mais afetam uma empresa? Um deles é a rotatividade de funcionários causada por insatisfação com o trabalho ou com o gestor, baixa remuneração e a falta de treinamento e desenvolvimento. Esse último pode ser implantado tanto para capacitar os colaboradores com novas habilidades quanto para motivar o pessoal.

Para ter uma equipe que realmente veste a camisa da empresa, se sente satisfeita com o que faz e é motivada, é preciso adotar algumas estratégias para garantir um bom ambiente de trabalho. Veja como isso pode ser feito:

1. O treinamento e desenvolvimento devem satisfazer uma necessidade

Um programa de treinamento e desenvolvimento deve ser focado em atender as necessidades dos colaboradores. Se eles sentem falta de um determinado conhecimento, deve ser ofertado um curso que atenda essa demanda.

Se a questão é melhorar o relacionamento e a motivação, então, é preciso apostar em treinamentos motivacionais que possam mudar a forma de pensar e de se relacionar.

2. Metodologia voltada ao público

Não basta que o treinamento simplesmente passe o conteúdo, se ele não tiver uma metodologia com foco no seu público, provavelmente o conhecimento não será absorvido. Sempre busque por profissionais e empresas especializadas em treinamentos corporativos e que possam adaptá-los de acordo com o perfil dos participantes.

Um treinamento operacional é bem diferente de um destinado a executivos, isso porque a linguagem e conteúdo devem ser direcionados de forma que o participante possa compreender, interagir e absorver o conteúdo.

3. Integrar diferentes setores

Os profissionais muitas vezes acabam desmotivados por acharem que o setor deles não recebe a devida atenção e que somente ele possui problemas que ninguém tenta resolver. Isso acaba gerando um conflito entre as áreas e torna o clima organizacional desagradável.

Promover a interação e integração entre colaboradores de diferentes setores faz com que eles comecem a ver a empresa de uma forma macro e entendam que problemas existem em todas as áreas. Isso pode ajudar no trabalho em equipe, com setores atuando em conjunto para solucionar esses conflitos e dificuldades.

4. Tornar o ambiente de trabalho agradável

Para melhorar o clima da empresa é preciso investir em uma cultura organizacional que preze por isso. Os gestores devem passar por um treinamento e desenvolvimento para que tratem as equipes de maneira mais humanizada, deve haver cobrança, mas sem ameaças ou pressão e alguns momentos de descontração.

Leia também: AutoCAD para iniciantes: qual a melhor escola para fazer o curso?

5. Diferenciar nos benefícios

As pessoas trabalham pelo salário, mas, o que as motiva são os desafios e os benefícios que podem ter em relação ao trabalho desenvolvido. É necessário pensar em formas de reconhecimento que saiam do tradicional, com folgas por metas atingidas, ingressos para cinema, mural de reconhecimento, viagens, premiações em dinheiro e outras.

A melhor maneira de saber quais são os benefícios que mais agradarão é fazendo uma pesquisa com os colaboradores. De acordo com as respostas e possibilidades da empresa se consegue gerar motivação por atender uma demanda.

Motivar os colaboradores é um desafio diário, pois, eles sempre precisam de uma “injeção de ânimo” para continuar a desempenhar um bom trabalho e não deixar a empresa. O treinamento e desenvolvimento pode ser um dos grandes responsáveis por isso, porém, ele precisará de outras ações conjuntas para garantir o resultado esperado.