Pare um instante para avaliar: quando foi a última vez que você se inscreveu para um curso voltado à capacitação profissional? Se a resposta for “não me lembro”, “nunca fiz” ou “faz muito tempo”, é bem importante repensar suas escolhas.

Em meio às constantes mudanças no mercado de trabalho e aplicação de novas metodologias e ferramentas, vale estar atento para aprimorar o que você faz no dia a dia. Afinal, em meio a era tecnológica, quem não se atualiza acaba ficando para trás.

É importante ter muito mais que um diploma

Para você entender melhor o cenário, vamos exemplificar. Digamos que você tenha escolhido uma profissão ligada à tecnologia da informação. Nesse caso, é bem provável que tenha cursado uma graduação em sistemas da informação ou, então, ciência da computação. Existe também a possibilidade de ter feito um curso superior com duração menor, como o técnico em desenvolvimento de sistemas.

Independentemente da formação, nem todo o conhecimento necessário para desempenhar bem a sua função é obtido somente com o diploma de curso superior.

Não são raros os casos de pessoas formadas e que ao longo dos anos seguintes buscam capacitação profissional extra, se matriculando em cursos, como lógica de programação, HTML 5 + css3 e intensivo de programação front-end. Esse mesmo cenário vale para as mais distintas profissões.

Motivos para investir em capacitação profissional

Atualmente, as companhias querem profissionais qualificados, capazes de tomar atitudes proativas, propor novas ações e intensificar a produtividade. Isso só é possível quando se está aberto ao conhecimento contínuo. Afinal, como aprimorar o dia a dia no trabalho sem passar por uma experiência que instigue isso?

Leia também: Oportunidade de trabalho: Está perdendo boas propostas?

Essa recomendação também se encaixa perfeitamente bem com os profissionais que já estão trabalhando na sua área de formação. Se a intenção é conquistar um cargo melhor dentro da empresa em que atua, o caminho fica mais acessível ao demonstrar engajamento e disposição para se capacitar.

Sugestões de cursos de acordo com área de atuação

Felizmente, hoje em dia o leque de oportunidades para capacitação profissional é enorme. Há opções para as mais variadas necessidades financeiras e disponibilidades de tempo. Abaixo listamos algumas sugestões de cursos levando em consideração áreas de atuação específicas.

Engenharia mecânica ou mecatrônica: AutoCAD 2D, AutoCAD Plant 3D, Desenho Técnico, Impressão 3D e Fusion 360.

Engenharia civil e arquitetura: Planta Humanizada, AutoCAD Civil 3D, Lean Manufacturing e Revit Architecture.

Administração, marketing e engenharia: Excel, Gerenciamento de Projetos, Lean Manufacturing, MS Project Básico e Avançado.

Escolha capacitações profissionais de acordo com a área de atuação desejada

No fim das contas, para definir quais cursos são mais significativos para a sua área, uma das dicas estratégicas é procurar vagas de trabalho e, então, analisar quais conhecimentos as empresas estão solicitando. Isso certamente dará um norte a respeito do que você precisa para se manter competitivo no mercado.

Caso você queira receber uma orientação mais específica para o seu caso em relação à capacitação profissional, converse com um dos consultores da Digicad Escola em Tecnologia.